About Best Chocolate Cake Eveeeeeeeer!!!!

2015/01/img_0740.jpg

2015/01/img_0739.jpg

Já me tinham falado e até já tinha dado uma trinca em uma fatia, mas ainda não tinha tido o prazer de conhecer o local pessoalmente.

A Landeau Chocolate fica no LX Factory é pequenina mas absolutamente deliciosa e acolhedora!

Adivinhem quem comeu uma fatia inteira sem parar para respirar?? EU! 😋

http://www.landeau.pt

Anúncios

Não sou para todos.

“Não sou para todos. Gosto muito do meu mundinho. Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas. Às vezes tem um céu azul, outras tempestade. Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos. Mas não cabe muita gente. Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso. São necessárias.”

1501759_559668840789194_134560244_n

Posted in Ela

Adeus Rua da Metade

ruametade

A rua da metade é uma rua pequena e simpática que fica perdida nos recantos da Avenida da Liberdade.

Apesar de parecer um ‘beco’ à noite devido ao lusco fusco é uma rua super tranquila, sem barulho, sem confusão, nem parece que estamos a morar no centro da cidade.

Foi 1 ano a morar na Rua da Metade que deixo com uma lágrima no canto do olho.

Já não vou apanhar o metro na Avenida da Liberdade e ficar fascinada com a luz do sol que invade aquela avenida entre as árvores que parecem não ter fim. Já não vou chegar ao final do dia e cumprimentar o senhor das castanhas. Já não vou escorregar mais com o David Carreira em frente ao Teatro Tivoli 😉 Já não vou mais falar com a vizinha da frente e com a cadela Jenina. Já não vou assar carne na varanda nos santos populares. Já não vou ter medo de partir uma perna a descer a minha rua de saltos altos (isto não vou ter saudades 😉 ). Já não vou ver o gato preto todos os dias ao chegar a casa. E também já não vou ter a visita do gato da vizinha, era quase o meu animal de estimação. Também já não vou a pé ao café do costume no Cinema S. Jorge ou ao Melhor Bolo de Chocolate do mundo. Já não vou ver todos os dias a montra da Louis Vuitton. Já não vou conversar com a senhora do metro que todos os dias fala do tempo e das coisas que por ali se passam – ela consegue ter uma conversa comigo mesmo quando a minha disposição matinal apenas me permite responder ‘Pois’ ou ‘Sim’. Já não vou parar no El Corte Inglês para ir buscar sushi e comer em casa (agora já não fica a caminho :p ).

Com tudo o que teve de bom e de mau, provavelmente vou continuar a cruzar-me com os loucos de Lisboa, mas isso já faz parte!

 

Na altura em que estava à procura desta casa costumava dizer meio que em tom de brincadeira “Eu quero ir morar para a Avenida da Liberdade!” – afinal é possível! 

 

Vou deixar a minha casinha de bonecas, vou para uma outra aventura, bem, BEM diferente desta.

… um novo lado de Lisboa, igualmente bonito, espera por mim (mesmo que num quarto com muito poucos m2) – let’s do it!!!

 

Até já!

 

Um dia vamos todos ser felizes para sempre…

… hoje acordei com este pensamento!

Apesar de diariamente o stress ser a nossa sombra e de as desilusões serem o prato do dia eu acredito que um dia vamos todos ser felizes para sempre. Sei bem que não vai ser como nos filmes da Disney, mas à nossa maneira, eu acredito que um dia vamos todos ser felizes para sempre… é só!

il_fullxfull-3154680141

Posted in Ela

Episódio de rua [1]

Pessoa 1: “Olha lá a menina, tem cuidado!!! Não vês que ainda lhe cai o fio em cima??”

Pessoa 2: “Mas eu estou a ver, qual é a tua cena?! Eu vi bem.”

Pessoa 1: “Viste o quê pah?! Viste lá agora… Nem a cor dos olhos dela viste!!! Não viste nada!!!”

E foi o elogio do dia, PAH!!! lol 🙂

Por aqui…

1-img_TeatroTivoli

Posted in Ela